Papel do Quintal

|

por equipe ciclopak, em 28 de janeiro de 2013 em arte, ciclopak, cultura, sustentabilidade com nenhum comentário

Nesse Verão, a equipe Ciclopak cai na estrada para divulgar a reutilização de materiais e conhecer outras iniciativas focadas em um mundo melhor e mais criativo pela orla do litoral norte de São Paulo e, em breve, em Paraty – RJ.

No último final de semana, estivemos em Boiçucanga – São Sebastião e conhecemos a Papel do Quintal.

Papel-do--quintal_img_1

Formada pela união de duas artesãs, Carmem e Leila Prado, que desde 2002 pesquisam, desenvolvem e produzem papéis e artigos de papelaria com fibras naturais do entorno da Mata Atlântica, a Papel do Quintal é uma aconchegante loja localizada a poucos metros da praia. Em seus trabalhos, elas buscam sempre difundir este conhecimento, respeitando o indivíduo, a sociedade e o meio ambiente.

Papel-do--quintal_img_2

Carmem, que tem MBA em gestão de negócios sustentáveis, nos recebeu muito bem e nos apresentou o trabalho desenvolvido pela loja, que tem sua própria oficina estrategicamente localizada na beira da mata atlântica, contando com uma grande variedade de papéis feitos com fibras naturais de aparas de podas de arvores tradicionais na região, além de toda a gama de produtos de papelaria e os cursos, oficinas, workshops de produção de papéis reciclados e de fibras desenvolvidos e oferecidos por eles.

Papel-do--quintal_img_3

Papel-do--quintal_img_4

A galera do Projeto Ciclopak aproveitou muito a visita, conhecendo o trabalho das artesãs e discutindo soluções para um mundo mais bonito e mais sustentável. Sem contar o trabalho incrível do Cassio e da Raquel, fotógrafos oficiais da excursão, que aproveitaram para fazer belos cliques.

Papel-do--quintal_img_5

Papel-do--quintal_img_6

Para quem quiser conhecer, a Papel do Quintal fica em Boiçucanga, São Sebastião, no litoral norte de São Paulo. Para quem está longe, vale a pena visitar o site e conhecer um pouco mais do trabalho desenvolvido pela Carmem e pela Leila.

Gostou? Compartilhe essa ideia!

Reutilizar

|

por Lucas Araujo, em 2 de janeiro de 2013 em ciclopak, cultura, inovação, reutilização com 14 comentários

Reutilização não é só pegar algo e reusá-lo. Para mim, reutilizar é inovar, é dar utilidade para algo que estava inutilizado, mal aproveitado, ou até mesmo aproveitar algo que iria para o lixo, sem perceber que poderíamos reaproveitá-lo com simplicidade. Todos nós temos necessidades, mas será que realmente temos que COMPRAR tudo o que precisamos ?

Percebo que tanto latas de conserva quanto latões de óleo, depois de usados, não são lixo. São soluções:

reutilizar_1

reutilizar_2

Penso que temos a tendência de estranhar as coisas novas. Na verdade são apenas novos conceitos, que refletem nossas necessidades e ações cotidianas.

Mais do que solucionar problemas individuais, podemos solucionar problemas coletivos, como revitalização de bancos, hortas familiares e até mesmo iluminação com garrafa pet:

reutilizar_3

Entendo que podemos reutilizar materiais, espaços, ambientes, praças, pessoas, hábitos, ideias… tudo aquilo que pode se transformar em algo útil, bonito e criativo.

Nesse novo ciclo que se inicia, façamos nós as micro-revoluções! Tenho a convicção de que juntos conseguiremos um mundo melhor. Mais do que falar e pensar, é preciso agir. As oportunidades são infinitas: adotar praças, retirar um lixo do chão que não foi nós que jogamos, separar os recicláveis dos orgânicos, participar de atividades sociais e culturais, divulgar, difundir… É preciso agir com ações simples e coletivas.

Vídeo: Sonho Brasileiro – Manifesto

Lucas Araujo

lucas@ciclopak.com.br
Lucas é um empreendedor nato. Formado em Ciências Atuariais, sempre buscou criar negócios e empreender socialmente com o mesmo desempenho e qualidade que acompanha no setor privado. Trabalhava com artesanato em crochê antes de ingressar no mercado de seguros em 2007. Um dos idealizadores do Projeto Ciclopak, atualmente cuida da parte financeira e comercial do projeto.

Gostou? Compartilhe essa ideia!

Vídeo: Como fazer uma carteira de tetrapak

|

por equipe ciclopak, em 15 de outubro de 2012 em ciclopak, design, tutoriais com nenhum comentário

No inicio de 2011 alguns jovens se reuniam para, entre tantos outros planos e projetos, propor soluções em reutilização de materiais utilizando design aplicado e colocar o upcycling de vez no dia a dia das pessoas. Nascia o Projeto Ciclopak.

A ideia principal do projeto sempre foi evitar desperdício de materiais potencialmente úteis, fazendo uso dos já existentes, reduzindo o consumo de novas matérias-primas durante a criação de novos produtos, agregando a eles valor, usabilidade e qualidade.

Junto com a preocupação em fomentar o assunto por meio de pesquisas e compartilhamento de tendências e soluções em upcycling e reutilização, nascia também nossa necessidade de desenvolver um laboratório de experimentos com reutilização de materiais e de gerar conteúdos e produtos que aproximassem as pessoas do conceito.

O vídeo abaixo foi gravado em março de 2011 e apresenta um de nossos primeiros tutoriais. A carteira de Tetrapak desenvolvida pelo grande amigo Henrique Panda Costa (que também fez a música e é o cara que aparece no vídeo) foi carinhosamente apelidada de “Curupak”. A ideia aqui é dar uma pequena amostra do que, com as ferramentas certas e uma boa dose de criatividade, pode ser feito com materiais que corriqueiramente descartamos, como uma caixa de leite:

A publicação desse vídeo só foi possível graças ao nosso grande parceiro e motion designer André Reis, responsável pela edição e pelas animações.

Se você tem disposição, criatividade e atitude, faça a sua própria carteira de tetrapak! Tire uma foto e envie pra gente pelo e-mail contato@ciclopak.com.br ou pelo nosso Facebook. As carteiras mais legais você confere acompanhando a gente por aqui e nas redes sociais.

Gostou? Compartilhe essa ideia!

 

Projeto Ciclopak

|

por contato@ciclopak.com.br, em 4 de maio de 2012 em ciclopak com 1 comentário

Quem nunca comprou um utensílio e em meses, dias e as vezes até horas depois, este mesmo objeto já se encontra no lixo? Quem nunca considerou certos objetos que são vendidos como desperdício de material e contribuição para a cada vez maior geração de insumos ?Hoje, vivemos em uma sociedade de consumo, onde a produção de lixo tende a aumentar cada vez mais com tudo se tornando “descartável”. Muitos materiais já saem de fábrica com um único destino. O LIXO. Cada um de nós produz, em média, cerca de 360 Kg de lixo por ano.

E para onde vai tudo isso?

O Projeto Ciclopak surgiu como mais uma resposta a essa pergunta.

Muitos materiais possuem diversas possibilidades de reutilização, como por exemplo uma caixa de leite que pode virar uma carteira, um galão de água pode virar um vaso de flores, uma sacola plástica pode virar um guarda-chuva, dentre outros.

Queremos fomentar esta discussão, colocar o assunto em pauta, produzir conteúdo sobre o tema, ouvir opiniões e ideias, motivar as pessoas, empresas e governo a pensarem nisto.

Gostou? Compartilhe sua ideia. Vamos juntos gerar soluções!

Ciclopak, siga esta ideia. 

Texto: André Reis

parceiros:





apoio:

sobre

Somos uma iniciativa cultural, que propõe a discussão e fomentação da reutilização de materiais explorando as mais diversas áreas criativas do conhecimento por um mundo mais bonito e mais sustentável.

Faça parte desse ciclo!

faça parte

O Projeto Ciclopak é um projeto independente e sem fins lucrativos. Você é fundamental para que essa ideia continue. Buscamos pessoas para colaborar em diversas áreas do projeto e parcerias com empresas comprometidas com o desenvolvimento sustentável. Entre em contato e saiba mais: contato@ciclopak.com.br