Workshop 350 + Ciclopak Social

|

por contato@ciclopak.com.br, em 25 de dezembro de 2012 em social com nenhum comentário

Na penúltima semana de novembro, aconteceu a “I Atividade de Conscientização Sobre Meio Ambiente e Mudanças Climáticas” para jovens e crianças na Vila Nova Esperança, comunidade carente localizada na zona oeste de São Paulo.

post_1ws350.org_VNE_1

A oficina de conscientização, realizada em parceria da 350.org Brasil com o Projeto Ciclopak Social, contou com a participação de cerca de 50 crianças que se divertiram e aprenderam durante mais de 3 horas de atividades com a galera da 350.org / Ciclopak.

post_1ws350.org_VNE_3

A facilitadora Ana Paula Pedrosa conduziu, junto com os voluntários, umas série de atividades e discussões que culminaram na produção de colagens e desenhos em cartazes produzidos pelas crianças. Os cartazes representavam os principais problemas ambientais do mundo hoje e as soluções possíveis para resolvermos o problema da crise climática e da superprodução de resíduos.

post_1ws350.org_VNE_4

Agradecemos à toda a equipe de voluntários, que trabalhou duro e com muito carinho e dedicação, à Associação de Moradores da Vila Nova Esperança, que abriu suas portas para a Ciclopak e para a 350.org trabalharem na comunidade, e especialmente à todas as crianças que participaram e fizeram essa atividade acontecer!

Movimento de base para resolver a crise climática.

Através de campanhas online, organizações de base e ações populares massivas lideradas de baixo para cima, milhares de organizadores voluntários trabalham em mais de 188 países com o objetivo de promover conscientização e propor soluções para a crise climática.

Gostou? Compartilhe essa ideia!

Apoio à Vila Nova Esperança

|

por contato@ciclopak.com.br, em 12 de dezembro de 2012 em social com nenhum comentário

Imagem: Leonardo Soares/UOL 
“Em 2006 nossa Comunidade foi notificada pela CDHU a respeito da urbanização da área, do atendimento da nossa maior reivindicação. A instituição iniciou um processo de coleta de dados para formação do cadastro necessário para dar início à urbanização do bairro. No entanto, o momento da assinatura da ficha a respeito dos procedimentos futuros referia-se, na realidade, à tentativa de fazer com que nós ratificássemos os termos para a retirada de nossas casas. A partir daí, desdobra-se uma situação de luta para continuidade da Comunidade.”

(Manifesto da Vila Nova Esperança: pela permanência da Comunidade)

 
VNE_14.10_comp2

Quando o TETO nos convidou para conhecer a comunidade da Vila Nova Esperança, em agosto de 2012, e aceitamos o desafio de fazer parte do desenvolvimento social e sustentável naquela região, as coisas ainda eram muito incertas. A Associação de Moradores movia uma ação contra a CDHU que ameaçava remover as casas da Vila, alegando que elas estavam sobre a área de preservação ambiental do parque estadual TIZO.

No dia 22 de outubro de 2012, os moradores da Vila Nova Esperança ganharam o direito de reivindicar a posse da terra e permanência no local, que não faz parte da área de preservação, respeitando suas trajetórias de luta para constituição de suas casas.

Maria de Lourdes, ou simplesmente Dona Lia, presidente da Associação de Moradores, nos solicitou que divulgássemos essa conquista na maior quantidade de locais possíveis, já que nenhum veículo de comunicação registrou o fato até então.

Nós, da Ciclopak parabenizamos os moradores por mais essa conquista e apoiamos a apropriação da terra e a manutenção da Comunidade da Vila Nova Esperança, dando sequencia ao trabalho da Associação de Moradores e ao maior sonho de Dona Lia: moradia digna e sustentável para todos.

Abaixo, disponibilizamos os links para o manifesto da Vila Nova Esperança e para a reportagem de Janaina garcia no UOL, que ajudam a entender melhor a situação da comunidade e das pessoas que vivem por lá. Além do link para download da sentença da 4a Vara, que garante a permanência dos moradores no local.

Manifesto da Vila Nova Esperança: pela permanência da Comunidade.

Reportagem de Janaina Garcia completa no UOL

Download – Sentença da 4a vara (PDF), que garante a permanência dos moradores no local.

Ajude a divulgar. Compartilhe!

parceiros:





apoio:

sobre

Somos uma iniciativa cultural, que propõe a discussão e fomentação da reutilização de materiais explorando as mais diversas áreas criativas do conhecimento por um mundo mais bonito e mais sustentável.

Faça parte desse ciclo!

faça parte

O Projeto Ciclopak é um projeto independente e sem fins lucrativos. Você é fundamental para que essa ideia continue. Buscamos pessoas para colaborar em diversas áreas do projeto e parcerias com empresas comprometidas com o desenvolvimento sustentável. Entre em contato e saiba mais: contato@ciclopak.com.br