Óculos de sol são produzidos com CDs e DVDs reaproveitados

|

por contato@ciclopak.com.br, em 20 de outubro de 2013 em design, inovação com nenhum comentário

O estúdio de design taiwanês MiniWiz está em constante busca por produtos sustentáveis. Uma das criações é a linha de óculos de sol, produzida a partir de CDs e DVDs reciclados.

Além de o composto reaproveitar velhos objetos, também é misturado cascas de arroz carbonizadas, que, por sua vez, provêm de resíduos agrícolas. As embalagens dos óculos também são sustentáveis, feitas com polipropileno reciclado.

Post-oculos-imagem1

MiniWiz/Divulgação

Esse processo de fabricação traz uma economia ambiental, uma vez que poupa os recursos da natureza e ainda reduz em 70% as emissões de carbono. Cada par de óculos é vendido em caixas semelhantes às de tortas de maçã vendidas pelo Mc Donalds.

A linha Re-View é uma criação da Miniwiz – empresa que já transformou desenvolveu capa de iPhone sustentável, museu com CDs e DVDs reaproveitados, e, mais recentemente, criou uma loja da Nike reutilizando diversos resíduos.

A empresa garante que o material é flexível, antialérgico e possui proteção UV. Apesar de não informar como adquirir o produto, a MiniWiz sugere entrar em contato por meio desses canais.

Post-oculos-imagem2

MiniWiz/Divulgação

Para os brasileiros, uma opção mais próxima são os óculos da Zerezes – fabricados com madeira descartada por alunos da PUC do Rio de Janeiro. Também em São Paulo, são produzidos óculos de madeira pela empresaLeaf.

logo_horizontal

Via Ciclo Vivo

Vida nova aos talheres

|

por Bruna martins, em 15 de janeiro de 2013 em arte, bem-estar com nenhum comentário

O Upcycling vem sendo usado em muitos lugares do mundo de muitas maneiras. Transformando peças que iriam pro lixo em peças de maior valor, sem modificar a matéria original.

Pensando nisso, a equipe do Scraphacker, residente de Estocolmo , nos mostra como reutilizar pilhas de talheres antigos, que continuam a se acumular, em sótãos, gavetas e brechós  ao redor do mundo.

Gancho com garfos. Dobrando os resultados de aderência em ganchos que podem ser usados ​​individualmente ou agrupados.

Post-Bruna-imagem-02-b

Agrupadas, estas colheres upcycled formar um cabide atraente.

Post-Bruna-imagem-01

Móveis de faqueiros… Uma ideia muito criativa!!

Post-Bruna-imagem-03

Bruna Martins
bruna_martins 
bruna.martins@gmail.com
Bruna trabalha na área de segurança da informação. Formada em análise de sistemas, sempre teve interesse por reutilização, criação e arte. Atualmente atua como voluntária no Projeto Ciclopak fazendo o que mais gosta: trabalhar com liberdade e criatividade.

Gostou? Compartilhe essa ideia!

Reutilizar

|

por Lucas Araujo, em 2 de janeiro de 2013 em ciclopak, cultura, inovação, reutilização com 14 comentários

Reutilização não é só pegar algo e reusá-lo. Para mim, reutilizar é inovar, é dar utilidade para algo que estava inutilizado, mal aproveitado, ou até mesmo aproveitar algo que iria para o lixo, sem perceber que poderíamos reaproveitá-lo com simplicidade. Todos nós temos necessidades, mas será que realmente temos que COMPRAR tudo o que precisamos ?

Percebo que tanto latas de conserva quanto latões de óleo, depois de usados, não são lixo. São soluções:

reutilizar_1

reutilizar_2

Penso que temos a tendência de estranhar as coisas novas. Na verdade são apenas novos conceitos, que refletem nossas necessidades e ações cotidianas.

Mais do que solucionar problemas individuais, podemos solucionar problemas coletivos, como revitalização de bancos, hortas familiares e até mesmo iluminação com garrafa pet:

reutilizar_3

Entendo que podemos reutilizar materiais, espaços, ambientes, praças, pessoas, hábitos, ideias… tudo aquilo que pode se transformar em algo útil, bonito e criativo.

Nesse novo ciclo que se inicia, façamos nós as micro-revoluções! Tenho a convicção de que juntos conseguiremos um mundo melhor. Mais do que falar e pensar, é preciso agir. As oportunidades são infinitas: adotar praças, retirar um lixo do chão que não foi nós que jogamos, separar os recicláveis dos orgânicos, participar de atividades sociais e culturais, divulgar, difundir… É preciso agir com ações simples e coletivas.

Vídeo: Sonho Brasileiro – Manifesto

Lucas Araujo

lucas@ciclopak.com.br
Lucas é um empreendedor nato. Formado em Ciências Atuariais, sempre buscou criar negócios e empreender socialmente com o mesmo desempenho e qualidade que acompanha no setor privado. Trabalhava com artesanato em crochê antes de ingressar no mercado de seguros em 2007. Um dos idealizadores do Projeto Ciclopak, atualmente cuida da parte financeira e comercial do projeto.

Gostou? Compartilhe essa ideia!

Bakuara LAB #1

|

por Bakuara, em 26 de novembro de 2012 em bakuara lab com nenhum comentário

Bakuara Lab é o processo desenvolvido pela Bakuara para reunir pessoas e cocriar soluções para resíduos potencialmente úteis que não são aproveitados pela industría, utilizando técnicas de brainstorm, playstorm e prototipagem baseado no método de Design Thinking.

Desafio:

A manta imantada é um material vinílico com propriedade magnética e que é usada para fazer ímãs de geladeira, publicidade temporária em carros, placas e outros lugares metálicos. As sobras destes materiais são descartados em aterros pois não há processo de recuperação desenvolvido. Esse Bakuara Lab foi focado na busca de soluções para este material.

Como foi o encontro:

Os participantes listaram uma série de características percebidas do material, visualmente, pelo tato, pelo cheiro… Após dividirem-se em duas equipes, cada grupo escolheu uma característica para trabalhar, sendo escolhidas: flexível e corta fácil.

Clique aqui para ver a galeria completa

Ideias e soluções geradas

Flexíbilidade:

Usos: prendedor, fixador, arame, clips, cadarço, papel alumínio, malha, papel alumínio, amortecimento, uso pessoal, elástico prende coisas.

Aplicações: dificuldade de andar, resistência, amortecimento, armazenamento, produtos barulhentos, conforto, necessidade de fixação, condicionamento físico, vedação, falta de espaço.

Corta Fácil:

Usos: tiras, brinquedos, moda, roupa, design, suporte, móveis de diferentes tamanhos, bandeirinhas, mosaico, papel, plástico.

Aplicações: dá para compor, cabe em qualquer lugar, pode usar a quantidade que quiser, controlar o uso, reduzir, divisível, diferentes formatos, utilização de todos os tamanhos, é facil de descartar, faça você mesmo, precisa de pedaços pequenos.

A listagem de usos e problemas geraram perguntas do tipo: “Como posso fazer fantasias de modo que possa compartilhar?”. Estas nortearam o processo de ideação e prototipagem:

1)   Fantasias e adereços que posso compartilhar

2)   Porta penduricalhos que posso grudar coisas

3)   Imagens que posso guardar grudadas

5)   Bonequinhos que possam tirar o stresse

E você? Tem alguma nova idéia para reutilizar manta imantada? Você gostaria de melhorar alguma das idéias apresentadas? Deixe suas soluções aqui nos comentários ou nos envie uma foto!

Soluções inovadoras para a gestão de resíduos

Empresa fundada para fornecer consultoria em resíduos sólidos de maneira inovadora e eficiente, que tem como parte de sua filosofia dividir conhecimento. Por isso, também atua com treinamentos, oficinas e workshops buscando entender a problemática dos resíduos sólidos e criar consciência quanto ao assunto.

Gostou? Compartilhe essa ideia!

parceiros:





apoio:

sobre

Somos uma iniciativa cultural, que propõe a discussão e fomentação da reutilização de materiais explorando as mais diversas áreas criativas do conhecimento por um mundo mais bonito e mais sustentável.

Faça parte desse ciclo!

faça parte

O Projeto Ciclopak é um projeto independente e sem fins lucrativos. Você é fundamental para que essa ideia continue. Buscamos pessoas para colaborar em diversas áreas do projeto e parcerias com empresas comprometidas com o desenvolvimento sustentável. Entre em contato e saiba mais: contato@ciclopak.com.br